Fique por dentro
   

Notícias

CAMPANHA SALARIAL 2017

18/09/2017

Companheiros/as...

A Campanha Salarial deste ano já começou. Sabemos que muitos serão os desafios, mas sabemos também que sem luta, sem esforço não há vitória.

Estamos participando das reuniões estaduais em São Paulo e, conforme esperado, percebemos que a bancada patronal está querendo se aproveitar da situação para dificultar as negociações e retirar vários direitos dos trabalhadores.

Em Matão, estamos negociando de forma direta com as empresas do grupo 2 (Máquinas e Equipamentos
Agrícolas / Eletroeletrônicos), pois
neste grupo não precisamos aguardar as negociações no âmbito estadual.

Assim, aconteceram reuniões com algumas empresas da cidade que também usaram do mesmo discurso da bancada patronal do estado.

Contudo, acreditamos que os/as me-
talúrgicos/as matonenses têm capacidade suficiente para conduzir nossa cidade por um caminho diferente.

Sabemos que os políticos no Congresso Nacional e também os de nossa cidade viram as costas ao trabalhador e não vamos aceitar isso.

Queremos nestas negociações, alcançar e manter conquistas importantes como: 

*Reajuste Salarial (inflação+aumento real);
* Concessão de Abono Salarial e PLR;
* Convênio médico e odontológico, limitado a 2% do salário;
* Subsídio de 50% em medicamentos;
* Cesta básica / Ticket alimentação;
*Garantias contra a Terceirização e redução dos direitos trabalhistas, trazidas com a Reforma Trabalhista.

Em cada empresa, a negociação deverá focar as necessidades e anseios daqueles trabalhadores.
  
Por isso, é fundamental - e fará toda a diferença - que você traba-
lhador leia, divulgue os Informativos e participe das Assembleias, não 
somente em sua empresa, mas naquelas que poderão acontecer no Sindicato.

ATENÇÃO: Nesta negociação, não basta garantir um bom reajuste 
salarial ou Abono, será
indispensável lutarmos contra a terceirização e a retirada de direitos pela Reforma Trabalhista.

Para isso, propomos a inclusão de várias cláusulas no 
Acordo que vão garantir nossos direitos e as atuais condições de trabalho.

Sem a inclusão dessas cláusulas, sofreremos consequências terríveis e ficaremos a mercê dos patrões.
VAMOS À LUTA!!!


•  Veja outras informações
 
SINDICATO DOS METALÚRGICOS DE MATÃO
Rua Sinharinha Frota, 798 - Centro - Cep 15990-060 - Matão / SP
Fone: (16) 3382-5944 / E-mail: atendimento@metalurgicosdematao.org.br