Fique por dentro
     

Notcias

Metalrgicas participaro da 5 da Marcha das Margaridas em Braslia

10/08/2015

Delegações de mulheres de todo país chegarão a Brasília nesta terça-feira (11)

Arte oficial da CONTAGArte oficial da CONTAG 
Publicação: 10/08/2015

Começa nessa terça-feira (11) a 5ª edição da Marcha das Margaridas em Brasília, que neste ano tem como tema “Desenvolvimento Sustentável com Democracia, Justiça, Autonomia, Igualdade e Liberdade”. A atividade termina na quarta-feira (12).

Considerada a maior mobilização feminina do mundo, a manifestação iniciou uma campanha de arrecadação para custear infraestrutura, alimentação, hospedagem e transporte das manifestantes.

Com a CUT como uma das parceiras, a Marcha já iniciou a mobilização nos estados, regiões e municípios por meio de encontros com prefeitos, governadores e audiências públicas nas assembleias legislativas. Além de debates locais.

Até o início de julho, as margaridas entregam aos ministérios e à presidenta Dilma Rousseff a pauta de reivindicações. As negociações seguem e a expectativa é que a resposta do Executivo seja apresentada até o dia 12 de agosto.

Atuação em Brasília

As caravanas de mulheres chegam ao estádio Mané Garrincha a partir do meio-dia do dia 11 e a abertura oficial do encontro está para prevista para as 18 horas do mesmo dia. Na manhã seguinte, a Marcha deixa o estádio e segue para a frente do Congresso Nacional.

Desde 2003, primeiro ano da manifestação, mais de 140 mil mulheres ocuparam a capital federal para cobrar políticas públicas voltadas a um modelo de desenvolvimento centrado na vida, no respeito à diversidade e contra a violência sexista.

Conforme destaca a vice-presidente da CUT, Carmen Foro, a atividade já faz parte do calendário da Central, que tem 17 federações rurais filiadas, a maior parte delas nas regiões Norte e Nordeste.

“Com nossa mobilização, conseguimos abrir uma agenda de diálogo com o governo desde 2000, mas que se efetivou mesmo em 2003 e hoje é parte da estratégia da luta das mulheres da Central. Foi graças à marcha que conseguimos a titulação conjunta das terras, o Programa Nacional de Agroecologia, as unidades móveis de enfrentamento à violência contra a mulheres nos estado, inclusive com barcos, como acontece no Pará e o crédito com juros diferenciados para as agricultoras. É para avançar nessa luta que precisamos seguir em marcha”, disse.

Metalúrgicas da FEM-CUT/SP 

A Secretaria da Mulher da FEM-CUT/SP está organizando a ida das dirigentes metalúrgicas dos sindicatos filiados no Estado para participarem desta importante Marcha.

A dirigente, Andréa Ferreira Sousa, destaca que as mulheres metalúrgicas do Estado de São Paulo têm muito orgulho em participar e marchar junta com todas as companheiras. "Tive o privilégio de participar na última edição e a experiência foi incrível. Esta Marcha é linda e os avanços nos direitos das trabalhadoras de todo o País têm que continuar", concluiu.

 Lutas

Desde 2003, primeiro ano da manifestação, mais de 140 mil mulheres ocuparam a capital federal para cobrar políticas públicas voltadas a um modelo de desenvolvimento centrado na vida, no respeito à diversidade e contra a violência sexista.

A vice-presidente da CUT, Carmen Foro, informa que a atividade já faz parte do calendário da Central, que tem 17 federações rurais filiadas, a maior parte delas nas regiões Norte e Nordeste.

“Com nossa mobilização, conseguimos abrir uma agenda de diálogo com o governo desde 2000, mas que se efetivou mesmo em 2003 e hoje é parte da estratégia da luta das mulheres da Central. Foi graças à marcha que conseguimos a titulação conjunta das terras, o Programa Nacional de Agroecologia, as unidades móveis de enfrentamento à violência contra a mulheres nos estados, inclusive com barcos, como acontece no Pará e o crédito com juros diferenciados para as agricultoras. É para avançar nessa luta que precisamos seguir em marcha”, disse.
 

Programação da 5ª edição da Marcha das Margaridas
Local: Estádio Nacional de Brasília – Arena Mané Garrincha

Programação

11 de agosto
08 às 12 horas - Chegada das delegações e credenciamento
14 horas - Oficinas, plenárias e Conferências.
19 horas - Abertura Oficial
21 horas - Noite cultural

12 de agosto
07 às 12 horas - Concentração e caminhada pela Esplanada dos Ministérios
15 horas - Resposta do Governo à Pauta da 5ª Marcha das Margaridas.

 

Viviane Barbosa, da Redação FEM com CUT

Agência de notícias da  FEM-CUT/SP
Redação: imprensa@fem.org.brjornalismo@midiaconsulte.com.br
Editora-chefe: Viviane Barbosa - Mtb 28121
Redatora: Vanessa Barboza - Mtb 74572

Siga-nos: www.twitter.com/femcut
Facebook: www.facebook.com/fem.cutsp


•  Veja outras informaes
 
SINDICATO DOS METALÚRGICOS DE MATÃO
Rua Sinharinha Frota, 798 - Centro - Cep 15990-060 - Matão / SP
Fone: (16) 3382-5944 / E-mail: atendimento@metalurgicosdematao.org.br